Escola&Cia

Archive for Fevereiro 2009

 

 

 

phpthumb

No dia 5 de Fevereiro, fomos visitar a biblioteca da escola André Soares. Estávamos com receio que chovesse, mas tivemos sorte, pois no momento da saída começou a dar a sol e só começou a chover quando chegámos à nossa escola.

 

jobrela

 Não sabíamos o que nos esperava. Quando chegámos vimos alguns alunos da EB2/3 André Soares e dirigimo-nos para a biblioteca. Aí fomos recebidos por duas professoras e duas auxiliares muito simpáticas. Uma das professoras explicou-nos o que se pode fazer naquele espaço e desafiou-nos a experimentar um pouco de tudo. Fomos para os computadores, requisitámos cd’s para ouvir, lemos livros e ainda pudemos ver um pouco de filme com alguns alunos que frequentam a escola.

Aqui ficam algumas fotos da nossa visita à biblioteca da Escola André Soares. Esperamos que gostem.Nós adorámos!

 camera

Visita à bibloteca da escola André Soares

Anúncios

 

973807akam7fskhn

Os alunos da sala 1 já começaram a falar no S.Valentim ou Dia dos Namorados. Foi com a professora Alexandra Dias, na área de Expressão Plástica que surgiram estes belos “Lenços dos Namorados”.

camera1

Lenços dos Namorados

 

tow0024 

No dia 3 de Fevereiro fomos à Unidade de Apoio Especializado a convite da professora Fernanda Nogueira, ouvir um conto. Quem o contou foi a professora de Ensino Especial, Sofia Pereira que, também é escritora de histórias infantis.

A acção do conto passou-se no castelo de Almourol e aqui fica o registo da nossa participação. O João Magina a fazer de enamorado da princesa Ari, o Flávio fez de Luís de Camões, o Ângelo e o Carlos José de Alasão.

1207906t5ef8adzuh

p1140023

p1140027
p1140034
p1140033
p1140031
1207906t5ef8adzuh

No dia 2 de Fevereiro tivemos a companhia da professora Conceição na nossa aula de Língua Portuguesa.

Nesta aula falámos de um tema muito importante: evitar repetições de palavras ou expressões quando escrevemos textos. Aqui está o texto que tivemos de corrigir.

 

Era uma vez um macaco que vivia todo contente numa árvore. A árvore dava frutos muito saborosos e a árvore tinha uma parte das raízes na areia e outra na água.

Um dia, o macaco atirou um fruto à água e o fruto foi logo devorado por um tubarão. Depois, o tubarão passou a ir lá sempre e depois tornou-

-se amigo do macaco. Depois, o tubarão disse ao macaco para ir a casa dele, mas o macaco disse que não, porque o macaco gostava de estar seco e não sabia deslocar-se na água. E depois o tubarão disse ao macaco que o macaco não precisava de se molhar porque ia às costas do tubarão onde estaria seguro. E depois o macaco disse que sim ao convite.

Quando já estavam a meio da viagem, o tubarão disse ao macaco que o chefe dos tubarões não estava nada bem e que o chefe dos tubarões precisava de comer um coração de macaco para se salvar. O macaco disse que tinha deixado o seu coração pendurado e que era melhor voltar para trás para ir buscá-lo.

Depois chegaram ao local e depois o macaco saltou para a árvore, disse ao tubarão que o coração tinha estado sempre no meio do corpo dele e mandou o tubarão embora, percebendo que era preciso ter muito cuidado na escolha dos amigos.

Fábula africana (adaptada)

Foi engraçado eliminar ou substituir palavras repetidas.Para isso, a nossa professora deu-nos uma ajudinha com esta informação:

 

Evitar repetições

 

Um texto narrativo com palavras desnecessariamente repetidas é um texto pobre e incorrecto.

 

Þ     Podes substituir a forma verbal disse por formas de verbos introdutores ou declarativos muito mais expressivos.

Þ     Quanto ao termo depois e à expressão E depois ,ambos podem ser:

o       Eliminados, se não fizerem falta à compreensão do sentido da frase;

o       Substituídos por outros termos ou expressões, como:

§         Seguidamente;

§         De seguida;

§         Mais tarde;

§         Uns tempos depois;

§         Entretanto;

§         Dali em diante;

 

e se tratar de uma conclusão:

§         Finalmente;

§         Por fim…

 

Þ     Um nome  repetido pode ser:

o       Eliminado, se não fizer falta à compreensão do sentido da frase;

o       Substituído  por um pronome.

 

Exemplo:

v     A bruxa deu a maçã envenenada à Branca de Neve e a Branca de Neve trincou a maçã. (incorrecto)

 

v     A bruxa deu a maçã envenenada à Branca de Neve e esta trincou-a. (correcto)

 

 

 

744841fpppbwwx45

No dia 27 de Janeiro explorámos um texto bem divertido. O seu título era “O caminho que vai dar à história”. Imaginem que a Padeira de Aljubarrota se encontrava com a Branca de Neve… Pois foi isso que aconteceu. A Brites de Almeida (Padeira de Aljubarrota) enganou-se no caminho e saiu da História com H maiúsculo e entrou na história com h minúsculo.

 

Brites de Almeida

Padeira de Aljubarrota

capture2

 

Branca de Neve e os sete anões

branca-de-neve-e-7-anoes06

No dia seguinte, a Bárbara Branco apresentou uma pesquisa sobre Brites de Almeida. Foi muito interessante. Ficámos a saber por que razão ficou conhecida por Padeira de Aljubarrota .

A nossa professora também nos leu um conto do livro “Contos do tapete voador”, do escrito José Jorge Letria, chamado ” Ali Kate e o tapete voador”.

811052

Neste conto, também foi referida a diferença entre as histórias com h minúsculo e histórias com H maiúsculo.

Nesta semana, abordámos o tema “Os maiores rios Portugueses” bem como “As maiores elevações de Portugal”.  Para organizar toda a informação sobre os rios elaborámos mapas mentais e organizámos a ideias.

p1080001
p1080006
p1080007
p1080010

Para finalizar, falámos de um tipo de texto muito interessante : a biografia.

Elaborámos um guião para escrevermos uma biografia. Para tal, escrevemos algumas perguntas que nos podiam ajudar a reunir informação para elaborarmos uma biografia sobre um familiar ou amigo.

Este é o guião da biografia, que não é nada mais do que um texto sobre a vida de uma pessoa.

BIOGRAFIA
Introdução
  • Como se chama?
  • Onde nasceu?
  • Quando nasceu?
Desenvolvimento
  • Tirou algum curso? Qual? Quando terminou?
  • Em que trabalha/ trabalhou?
  • Por que motivo decidiu ser …?
  • Com quem casou?
  • Que viagens fez?
  • Quando morreu ?
Conclusão
  • O que pensa da pessoa?

Em casa, cada um dos alunos escreveu uma biografia que foi lida pelo seu autor para toda a turma. Gostámos muito desta actividade.


Blog Stats

  • 8,145 visitas

Calendário

Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« Jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Categorias

Comentários Recentes