Escola&Cia

Arquivo por Autor

 

 

 

phpthumb

No dia 5 de Fevereiro, fomos visitar a biblioteca da escola André Soares. Estávamos com receio que chovesse, mas tivemos sorte, pois no momento da saída começou a dar a sol e só começou a chover quando chegámos à nossa escola.

 

jobrela

 Não sabíamos o que nos esperava. Quando chegámos vimos alguns alunos da EB2/3 André Soares e dirigimo-nos para a biblioteca. Aí fomos recebidos por duas professoras e duas auxiliares muito simpáticas. Uma das professoras explicou-nos o que se pode fazer naquele espaço e desafiou-nos a experimentar um pouco de tudo. Fomos para os computadores, requisitámos cd’s para ouvir, lemos livros e ainda pudemos ver um pouco de filme com alguns alunos que frequentam a escola.

Aqui ficam algumas fotos da nossa visita à biblioteca da Escola André Soares. Esperamos que gostem.Nós adorámos!

 camera

Visita à bibloteca da escola André Soares

Anúncios

 

973807akam7fskhn

Os alunos da sala 1 já começaram a falar no S.Valentim ou Dia dos Namorados. Foi com a professora Alexandra Dias, na área de Expressão Plástica que surgiram estes belos “Lenços dos Namorados”.

camera1

Lenços dos Namorados

 

tow0024 

No dia 3 de Fevereiro fomos à Unidade de Apoio Especializado a convite da professora Fernanda Nogueira, ouvir um conto. Quem o contou foi a professora de Ensino Especial, Sofia Pereira que, também é escritora de histórias infantis.

A acção do conto passou-se no castelo de Almourol e aqui fica o registo da nossa participação. O João Magina a fazer de enamorado da princesa Ari, o Flávio fez de Luís de Camões, o Ângelo e o Carlos José de Alasão.

1207906t5ef8adzuh

p1140023

p1140027
p1140034
p1140033
p1140031
1207906t5ef8adzuh

No dia 2 de Fevereiro tivemos a companhia da professora Conceição na nossa aula de Língua Portuguesa.

Nesta aula falámos de um tema muito importante: evitar repetições de palavras ou expressões quando escrevemos textos. Aqui está o texto que tivemos de corrigir.

 

Era uma vez um macaco que vivia todo contente numa árvore. A árvore dava frutos muito saborosos e a árvore tinha uma parte das raízes na areia e outra na água.

Um dia, o macaco atirou um fruto à água e o fruto foi logo devorado por um tubarão. Depois, o tubarão passou a ir lá sempre e depois tornou-

-se amigo do macaco. Depois, o tubarão disse ao macaco para ir a casa dele, mas o macaco disse que não, porque o macaco gostava de estar seco e não sabia deslocar-se na água. E depois o tubarão disse ao macaco que o macaco não precisava de se molhar porque ia às costas do tubarão onde estaria seguro. E depois o macaco disse que sim ao convite.

Quando já estavam a meio da viagem, o tubarão disse ao macaco que o chefe dos tubarões não estava nada bem e que o chefe dos tubarões precisava de comer um coração de macaco para se salvar. O macaco disse que tinha deixado o seu coração pendurado e que era melhor voltar para trás para ir buscá-lo.

Depois chegaram ao local e depois o macaco saltou para a árvore, disse ao tubarão que o coração tinha estado sempre no meio do corpo dele e mandou o tubarão embora, percebendo que era preciso ter muito cuidado na escolha dos amigos.

Fábula africana (adaptada)

Foi engraçado eliminar ou substituir palavras repetidas.Para isso, a nossa professora deu-nos uma ajudinha com esta informação:

 

Evitar repetições

 

Um texto narrativo com palavras desnecessariamente repetidas é um texto pobre e incorrecto.

 

Þ     Podes substituir a forma verbal disse por formas de verbos introdutores ou declarativos muito mais expressivos.

Þ     Quanto ao termo depois e à expressão E depois ,ambos podem ser:

o       Eliminados, se não fizerem falta à compreensão do sentido da frase;

o       Substituídos por outros termos ou expressões, como:

§         Seguidamente;

§         De seguida;

§         Mais tarde;

§         Uns tempos depois;

§         Entretanto;

§         Dali em diante;

 

e se tratar de uma conclusão:

§         Finalmente;

§         Por fim…

 

Þ     Um nome  repetido pode ser:

o       Eliminado, se não fizer falta à compreensão do sentido da frase;

o       Substituído  por um pronome.

 

Exemplo:

v     A bruxa deu a maçã envenenada à Branca de Neve e a Branca de Neve trincou a maçã. (incorrecto)

 

v     A bruxa deu a maçã envenenada à Branca de Neve e esta trincou-a. (correcto)

 

 

 

744841fpppbwwx45

No dia 27 de Janeiro explorámos um texto bem divertido. O seu título era “O caminho que vai dar à história”. Imaginem que a Padeira de Aljubarrota se encontrava com a Branca de Neve… Pois foi isso que aconteceu. A Brites de Almeida (Padeira de Aljubarrota) enganou-se no caminho e saiu da História com H maiúsculo e entrou na história com h minúsculo.

 

Brites de Almeida

Padeira de Aljubarrota

capture2

 

Branca de Neve e os sete anões

branca-de-neve-e-7-anoes06

No dia seguinte, a Bárbara Branco apresentou uma pesquisa sobre Brites de Almeida. Foi muito interessante. Ficámos a saber por que razão ficou conhecida por Padeira de Aljubarrota .

A nossa professora também nos leu um conto do livro “Contos do tapete voador”, do escrito José Jorge Letria, chamado ” Ali Kate e o tapete voador”.

811052

Neste conto, também foi referida a diferença entre as histórias com h minúsculo e histórias com H maiúsculo.

Nesta semana, abordámos o tema “Os maiores rios Portugueses” bem como “As maiores elevações de Portugal”.  Para organizar toda a informação sobre os rios elaborámos mapas mentais e organizámos a ideias.

p1080001
p1080006
p1080007
p1080010

Para finalizar, falámos de um tipo de texto muito interessante : a biografia.

Elaborámos um guião para escrevermos uma biografia. Para tal, escrevemos algumas perguntas que nos podiam ajudar a reunir informação para elaborarmos uma biografia sobre um familiar ou amigo.

Este é o guião da biografia, que não é nada mais do que um texto sobre a vida de uma pessoa.

BIOGRAFIA
Introdução
  • Como se chama?
  • Onde nasceu?
  • Quando nasceu?
Desenvolvimento
  • Tirou algum curso? Qual? Quando terminou?
  • Em que trabalha/ trabalhou?
  • Por que motivo decidiu ser …?
  • Com quem casou?
  • Que viagens fez?
  • Quando morreu ?
Conclusão
  • O que pensa da pessoa?

Em casa, cada um dos alunos escreveu uma biografia que foi lida pelo seu autor para toda a turma. Gostámos muito desta actividade.

“Os Mapas já eram utilizados pelos homens das cavernas para expressar seus deslocamentos e registrar as informações quanto às possibilidades de caça, problemas de terreno, matas, rios etc.” (MONTEIRO, 2005)

cartografia

Esta semana foi bem preenchida! Trabalhámos a reescrita de texto utilizando a estratégia dos mapas semânticos. No 3.º ano conhecemos uma estratégia para organizar o pensamento e estruturar as ideias, respeitando a introdução, o desenvolvimento e a conclusão – os mapas mentais. Uma forma divertida de representarmos o nosso pensamento.Podemos aplicá-los a qualquer assunto. Este ano continuamos a utilizar esta técnica, mas estamos a dar-lhe o nome de mapa semântico.

 

 

Após termos lido um texto retirado do livro ” O Segredo do Rio”, intitulado ” O Lago”, transformamos os quatro parágrafos do texto em quatro mapas semânticos. Posteriormente, reescrevemos o texto utlizando as palavras-chave dos mapas. Foi interessante e fácil!

 

 Ainda abordamos a redução e da expansão da frase. Foi bem giro expandir frases e ver como podemos aumentá-las! O contrário também foi um desafio!

 

 

Lemos um poema intitulado ” Quero ser de tudo um pouco”.  A professora colocou-nos um desafio: escrever duas quadras sobre a profissão que pretendemos ter no futuro! Houve quem não soubesse,mas tal não impediu que as quadras surgissem. Ficaram muito interessantes!

 

 arg-qmark-65-trans

No seguimento do poema, começamos a ler um livro intitulado ” Contra os micróbios, lutar, lutar”. Este livro conta a história de um estudante de Quimica, que nem era bom aluno e que se transformou num cientista muito importante na história da medicina: Louis Pasteur. Sabiam que foi graças ao seu trabalho de investigação que surgiu a pasteurização ?

 pasteur

 

 Na sexta-feira, a professora Conceição assistiu à nossa aula de Língua Portuguesa. A nossa professora apresentou um Power Point sobre o Ciclo da Água. Houve quem ficasse surpreendido com as voltas que a água dá! De seguida, construímos um mapa semântico com base no conhecimento que tinhamos sobre o tema. Por fim, a professora propôs que construíssemos  um texto com base no mapa semântico.

capture1

 

Na área da Matemática realizámos muitos exercícios sobre novos conteúdos. Foram tantas regras!!!! Bem, agora só precisamos de estar atentos e aplicar tudo o que a professora ensinou. Hoje aprendemos a divisão de números inteiros por dois algarismos. Foi muito engraçado. Estivemos atentos e não foi difícil! A professora prometeu mais para a próxima semana e deixou um conselho de amiga: estudar a tabuada!

math02

 

 

 Esta semana tivemos uma surpresa: a visita de dois jogadores do Sporting Clube de Braga. Os alunos ficaram tão entusiasmados que os dois jogadores quase não conseguiram sair da escola. Os pedidos de autógrafos nunca mais acabavam e as fotografias também não. Foi uma tarde muito divertida! Apreciem alguns momentos vividos na tarde de 22 de Janeiro de 2009!

Fotos do SCB em S.Lázaro

cabvpz2j1 

 

 No primeiro período, tivemos uma aula de Língua Portuguesa muito engraçada! A nossa professora  mostrou-nos uma Banda Desenhada sobre um soldado chamado Recruta Zero. Ele era tão preguiçoso que encontrava nos provérbios justificação para tudo. No final da aula,a nossa professora propôs-nos uma actividade que consistia em produzirmos provérbios da nossa autoria sobre o tema “A Saúde” (tema tratado no primeiro período por todos os alunos do 1.ºciclo, do Agrupamento André Soares).

dsc05537

 

dsc055431

 

dsc05553

 

Vejam o resultado…att00002

proverbios2

 

proverbios3

 

 


Blog Stats

  • 8,145 visitas

Calendário

Setembro 2017
S T Q Q S S D
« Fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Categorias

Comentários Recentes